Conecte-se com a gente

Jundiaí

Azul compra empresa jundiaiense por R$ 123 mi

Redação

Publicado

em

A Azul anunciou na tarde desta terça-feira a compra da companhia aérea regional TwoFlex, baseada em Jundiaí. As duas empresas assinaram uma oferta vinculante de 123 milhões de reais, segundo informou a Azul em comunicado. A transação ainda precisa ser aprovada por órgãos regulatórios.

O negócio reforça a aposta da Azul no mercado de aviação regional. A TwoFlex opera voos para 39 destinos no Brasil, dos quais somente três já eram atendidos pela Azul. A Azul já é dona da maior malha do país, com 200 destinos.

“Nos últimos dez anos, a Azul liderou o desenvolvimento da aviação regional no Brasil, atendendo a mais de 100 destinos domésticos e trazendo novos serviços para mais de 50. Nosso objetivo é continuar levando serviço aéreo para novas e diversas partes do Brasil”, disse em comunicado o presidente da Azul, John Rodgerson.

Ao comprar a TwoFlex, a Azul impede um avanço da concorrente Gol, líder em voos domésticos no Brasil. A Gol assinou no ano passado uma parceria com a TwoFlex, oferecendo com exclusividade em seu site as passagens para as rotas regionais operadas pela empresa paulista. A TwoFlex também operava voos em nome da Gol em estados das regiões Norte e Centro-Oeste.

Procurada, a Gol não respondeu se foi pega de surpresa pelo anúncio da venda da TwoFlex à Azul. Disse que está estudando como dar assistência aos clientes que compraram passagens para rotas da TwoFlex por meio da Gol e que o negócio em nada afeta seu plano de expansão regional.

“O acordo com a TwoFlex de compartilhamento de voos e compra de capacidade representou apenas 0,007% do número de assentos ofertados e 4.185 passageiros transportados em 2019, o que representa 0,012% do total de 35 milhões de clientes atendidos pela Gol no ano” escreveu a empresa em comunicado.

A TwoFlex foi fundada em 2013 após a fusão da Two Táxi Aéreo e da Flex Aero Táxi Aéreo.
CongonhasCom a aquisição, a Azul ganhará também 14 novos horários de pouso e decolagem que a TwoFlex possuía na pista auxiliar no disputado aeroporto de Congonhas — os chamados slots. 

Apesar de não operar na pista principal, a TwoFlex obteve em setembro do ano passado autorização para realizar voos entre Congonhas e o aeroporto de Jacarepaguá, na Barra da Tijuca, área nobre do Rio de Janeiro. Assim, se desejar usar a rota, a Azul pode aumentar sua participação no trajeto entre Rio de Janeiro e São Paulo.

A Azul entrou na ponte aérea no fim de 2019, após herdar slots da Avianca Brasil, e começou a operar uma rota entre Congonhas e o aeroporto Santos Dumont, o trajeto mais cobiçado da ponte aérea Rio-São Paulo. Com o fim das operações da Avianca Brasil em maio, a Azul recebeu 15 dos 41 slots da empresa na pista principal, que somou aos 26 que já possuía e possibilitou uma operação na ponte aérea.

Os horários na pista principal do aeroporto geraram uma grande novela em 2019. Além da Azul, a MAP Linhas Aéreas, do Amazonas, ficou com 12 slots e a Passaredo, de Ribeirão Preto (SP), com 14, todos na pista principal.

A TwoFlex também chegou a pleitear slots na pista principal de Congonhas, mas seu pedido foi negado pelos órgãos de avião civil que gerenciavam o aeroporto, devido ao porte pequeno de suas aeronaves.

Além do uso dos slots, no comunicado informando sobre a transação com a TwoFlex, Rodgerson afirmou ainda que a frota de 17 aeronaves Cessna Caravan próprias da TwoFlex será “a maneira mais adequada para alcançar cidades e comunidades menores”. “A aquisição da TwoFlex ajudará a Azul a aumentar a demanda de clientes, pois poderá levar o serviço aéreo a lugares onde não são servidos hoje”, disse o executivo. O presidente disse ainda que a operação de carga da TwoFlex será uma adição “estratégica” à Azul Cargo Express, serviço de carga da Azul.

Geral

Trabalhos em prol da ATEAL no Espaço Maxi Comunidade

Redação

Publicado

em

Por

O Espaço Maxi Comunidade, especialmente idealizado para expor e comercializar trabalhos de instituições de Jundiaí, conta, até o dia 30 de abril, com a exposição e venda de artesanatos em prol da ATEAL – Associação Terapêutica de Estimulação Auditiva e Linguagem.

No local estão expostos trabalhos como: mandalas, velas, crochê de fio de cobre, amigurumis, bordados e costura criativa, com preços a partir de R$ 10,00. Uma excelente oportunidade para quem procura artigos diferenciados.

Fundada na cidade de Jundiaí, em 1982, pela fonoaudióloga Mariza Cavenaghi Argentino Pomilio, por pais de pacientes, e por colaboradores, a ATEAL é uma associação civil, assistencial e de pesquisa, sem fins econômicos, que conta com a atuação de uma diretoria voluntária.

Realiza exames em maternidades para detecção precoce da deficiência auditiva, possui um Centro Audiológico para realização de exames da audição, atua na indicação e adaptação de aparelho auditivo, na ativação e reabilitação de implantados cocleares e participa de programas de saúde ocupacional em empresas para o diagnóstico e conservação da audição.

A ATEAL é referência no atendimento para o diagnóstico e reabilitação de deficientes auditivos e pessoas com distúrbios de fala para uma inclusão familiar, social, educacional e profissional, atua no fomento à construção de políticas públicas, baseada em evidência social, técnica e científica.

Serviço: O Espaço Maxi Comunidade está localizado no Piso 2 (G3 Leste) do Maxi Shopping Jundiaí.

Continuar Lendo

Jundiaí

Polícia Federal prende 2 pessoas com conteúdo pornográfico infantil em Jundiaí

Redação

Publicado

em

Por

Na mais recente fase da Operação Escudo da Inocência, a Polícia Federal efetuou a detenção de duas pessoas em Jundiaí e Campinas.

O foco da investigação é o combate aos delitos de armazenamento e disseminação de materiais relacionados ao abuso sexual de crianças e adolescentes.

Durante a execução dos mandados de busca e apreensão nas duas localidades, os agentes federais descobriram indícios de compartilhamento de arquivos envolvendo crimes de natureza sexual em laptops.

Um indivíduo de 55 anos, solteiro, foi detido em flagrante em Campinas, enquanto outro, de 45 anos, casado, foi capturado em Jundiaí.

Ambos utilizavam o mesmo software para compartilhamento de conteúdo pornográfico infantil na internet.

Os dispositivos apreendidos serão submetidos à análise pericial, visando detectar possíveis outros crimes e identificar outros envolvidos.

Os detidos enfrentarão acusações de posse e compartilhamento de arquivos contendo material pornográfico infantojuvenil, cuja pena mínima é de quatro anos de reclusão e pode chegar a até 10 anos, quando somadas as penas.

Continuar Lendo

Jundiaí

Circuito Eco Ambiental promove corrida e caminhada neste domingo (24) no Parque da Cidade

Evento acontece das 7h às 12h; ação também terá serviços de saúde gratuitos e aulas abertas de alongamento, ginástica localizada e ritmos variados

Redação

Publicado

em

Por

Mais de 2,2 mil pessoas vão invadir o Parque da Cidade, em Jundiaí (SP), no próximo domingo (24) durante a realização das corridas de 5k e 10k e caminhada 5k do projeto Circuito Eco Ambiental III.

Além das práticas esportivas, o evento – que acontece das 7h às 12h – terá serviços de saúde gratuitos como de aferição de pressão, sessões de quick massage (massagem rápida), além de avaliações física e nutricional.

Realizada pelo Instituto Eco Ambiental e Social, com patrocínio da Crown, a ação inclui ainda a realização de aulas abertas de alongamento, ginástica localizada e ritmos variados, tudo sob o comando de professores especializados.

A participação no Circuito é totalmente gratuita e aberta à população. As inscrições já estão encerradas, mas mesmo quem não conseguiu garantir a vaga pode participar das atividades.
Kit
Os inscritos nas corridas de 5k e 10k receberão um kit com camiseta, número de peito, chip de cronometragem, gym bag, boné ou viseira, medalha e barra de cereal. Já os inscritos na caminhada receberão kit com medalha, camiseta, gymbag, boné ou viseira e uma barra de cereal.

A retirada dos kits será realizada na véspera do evento (sábado, dia 23 de setembro), das 13h às 18h, na Praça Pôr do Sol, dentro do Parque da Cidade, mesmo local onde a corrida será realizada no dia seguinte. É preciso apresentar um documento de identidade original ou documento com foto.

Apenas os participantes que tiverem as inscrições confirmadas terão direito à retirada dos kits.

Circuito Eco Ambiental III

O projeto foi aprovado pela Lei de Incentivo ao Esporte (Lei nº 11.438/2006), por meio da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, do Governo Federal, com realização, organização e promoção do Instituto Eco Ambiental e Social (IEAS), patrocínio da Crow e apoio da Roca, DAE Jundiaí e Prefeitura Municipal de Jundiaí.

“Nosso objetivo é incentivar a prática do esporte e de atividades saudáveis que proporcionem mais qualidade de vida. As pessoas estão cada vez mais estressadas, vivendo em velocidades insanas em seu dia a dia. Chegamos a Jundiaí com o objetivo de alertar a população local para cuidados com a saúde”, afirma Patricia Henrique, presidente do Instituto Eco Ambiental e Social.

Continuar Lendo

+ Lidas do Mês