Conecte-se com a gente

Franco da Rocha

Campanha contra a Raiva em Franco começa na segunda quinzena de setembro

Redação

Publicado

em

A campanha de vacinação contra a Raiva para cães e gatos acontece nos dias 23, 24, 30 de setembro e também será realizada no dia 1º de outubro em diversos bairros da cidade.

Vários pontos receberão os profissionais da equipe da Secretaria da Saúde, que vão aplicar a dose nos animais.

Fique por dentro dos bairros locais e horários abaixo:

Sábado – 23 de setembro:

9h às 12h – Parque Vitória – EMEB Clarice Lispector

9h às 12h – Parque Vitória – Ponto final do ônibus

9h às 12h – Monte Verde – Praça do Monte Verde

9h às 12h – Jardim Progresso- EMEB Janete Tenório

9h às 12h – Jardim Progresso – EMEB Adauto Estevam De Miranda E Silva

13h às 16h – Parque Vitoria – Pretória

13h às 16h – Parque Vitoria – Ponto final do ônibus

13h às 16h – Monte Verde – EMEB Paulo Cardoso De Azevedo

13h às 16h – Pouso Alegre – Praça do coreto

13h às 16h – Vila Ramos – Praça do coreto

Domingo – 24 de setembro:

9h às 12h – Palmares – Rua Dalia

9h às 12h – Vila Bela – Guarda Municipal

9h às 12h – Jardim União – Emeb Oscar Lustosa Pinto

9h às 12h – Jardim Dos Reis – Emeb Francisco De Paula Brandão

9h às 12h – Cedro Do Líbano – Emeb Roberta Tarifa

13h às 16h – Palmares – Rua Dalia

13h às 16h – Vila Bela – Guarda Municipal

13h às 16h – Jardim Alice – Ponto Final Do Onibus

13h às 16h – Parque Paulista – Emeb Cecília Meireles

13h às 16h – Parque Montreal – Emeb Ministro Paulo Renato Souza Ministro

Sábado – 30 de setembro:

9h às 12h – Vila Josefina- EMEB Nelson Rodrigues

9h às 12h – Lago Azul – EMEB Teresa Barquetta

9h às 12h – Jardim Cruzeiro – E.E Benedito Aparecido Tavares

9h às 12h – Vila dos Comerciários – E.E Ivone Dos Anjos Da Silva Campos

9h às 12h – Vila Lanfranchi – Rua Jorge Vieira

13h às 16h – Vila Bazu – EMEB Florestan Fernandes

13h às 16h – Lago Azul – EMEB Teresa Barquetta

13h às 16h – Jardim Cruzeiro – E.E Benedito Aparecido Tavares

13h às 16h – Jardim das Jabuticabeiras – Rua Das Figueiras

13h às 16h – Parque Lanel – EMEB Professor Arnaldo Guassieri

Domingo – 01 de outubro:

9h -12h – Jardim Luciana I – UBS Jardim Luciana

9h -12h – Vila Santista – E.E Adail Jarbas Duclos

9h -12h – Jardim Bandeirantes – UBS Rodrigo Federzoni

9h -12h – Lago Azul – E.E Professor Zilton Bicudo

9h -12h – Vila Eliza – EMEB Juvenal Gomes Do Monte

13h -16h – Jardim Luciana I – UBS Jardim Luciana

13h -16h – Parque Santa Delfa – EMEB Serra Dos Abreus

13h -16h – Jardim Luciana II – E.E Pedro Lellis De Souza

13h -16h – Lago Azul – EMEB José Augusto Moreira

13h -16h – Vila Eliza – EMEB Juvenal Gomes Do Monte

Continuar Lendo
PUBLICIDADE
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Franco da Rocha

Imagens de satélite mostram que fogo atingiu 53% do Parque do Juquery

O local permanece fechado, sem previsão de reabertura à população, já que os equipamentos de atividades de lazer foram queimados

Redação

Publicado

em

Por

Imagens de satélite mostram que o incêndio que atingiu o Parque do Juquery, em Franco da Rocha, consumiu 53% da área da Unidade Conservação. Os dados comparativos foram obtidos em 20 de julho, antes do fogo, e 24 de agosto, após o fim do incêndio. O total atingido é de 1,175 hectares. As informações estão no relatório do Centro de Monitoramento da Coordenadoria de Fiscalização e Biodiversidade da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente de São Paulo.         

O incêndio no Parque do Juquery teve início na manhã do domingo, 22/08 e durou 4 dias. Mais de 300 pessoas entre integrantes do Corpo de Bombeiros, brigadistas e funcionários do parque trabalharam no combate às chamas. A Policia Civil investiga se a causa foi a queda de um balão no local.

Além da vegetação que foi consumida pelo fogo, o incêndio também atingiu a fauna do parque. Vinte e cinco animais foram resgatados por veterinários voluntários, sob responsabilidade do Conselho Regional de Medicina Voluntária (CRMV). Destes animais, 14 não resistiram aos ferimentos e morreram.

O parque do Juquery permanece fechado, sem previsão de reabertura à população, já que os equipamentos de atividades de lazer como bancos, mesas, quiosque e placas informativas também foram queimados. A Fundação Florestal ainda contabiliza os danos.

Incêndios Florestais

Estudos apontam que a maior parte dos incêndios florestais são decorrentes de ação antrópica (causados pelo homem de maneira acidental ou intencional). O descuido humano ou a negligência são fatores que aumentam a probabilidade de ocorrências de eventos de fogo sem controle. Em 2020, por exemplo, mais de 90% dos 274 focos tiveram como causa ações humanas que poderiam ter sido evitadas.

Parque Estadual do Juquery

O Parque Estadual do Juquery conserva importantes remanescentes de Cerrado, bem como as áreas de mananciais do Sistema Cantareira. O principal atrativo da unidade é o Ovo do Pato, elevação que impressiona com seus 942 metros de altitude, de onde pode-se avistar outras áreas protegidas que formam um grande corredor ecológico.

Cerrado

O Cerrado apresenta vegetação submetida a condições ambientais severas, como fogo periódico e longa estação seca. Suas árvores caracterizam-se por serem tortuosas, com casca grossa e rugosa, folhas verdes e espessas, distribuídas de forma esparsa, o que forma a típica paisagem do bioma.

Este ambiente é formado por dois componentes considerados opostos: as ervas e as gramíneas, e as árvores e os arbustos. Ambos competem pela luz do sol. Quando um componente predomina, o outro fica mais raro. Assim, o Cerrado é formado por um gradiente que vai do campo limpo (formado por ervas e gramíneas), passando pelo cerrado sensu stricto (composto tanto por ervas e gramíneas, quanto por árvores e arbustos esparsos), até o cerradão, composto predominantemente por árvores.

Continuar Lendo

Franco da Rocha

Incêndio de grandes proporções atinge área do Parque Estadual do Juquery, em Franco da Rocha

Redação

Publicado

em

Por

Um incêndio de grandes proporções atingiu, neste domingo (22), a área de mata do Parque Estadual do Juquery em Franco da Rocha. Moradores da região afirmar terem visto um balão caindo no local. No momento é possível visualizar grandes labaredas e fumaça alta no entorno.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, ao menos dois caminhões com água e viaturas menores foram encaminhadas ao local, a Prefeitura de Franco da Rocha também enviou equipes ao local. Até às 13h30, a área que sofreu com a queimada foi de 1 mil hectare, 50% do território total do Parque Estadual.

O Parque Estadual do Juquery possui vegetação de cerrado. Ele fica entre os municípios de Caieiras e Franco da Rocha, na Grande São Paulo.

Continuar Lendo

Franco da Rocha

Consórcio Luz de Franco da Rocha vence leilão e será responsável pela iluminação pública de Franco da Rocha

Gestão do serviço na cidade ficará a cargo da empresa pelos próximos 13 anos

Redação

Publicado

em

Por

O Consórcio Luz de Franco da Rocha, representado pela Necton Investimentos, foi o vencedor do leilão da Parceria Público-Privada da iluminação pública de Franco da Rocha e será responsável pela gestão do serviço na cidade pelos próximos 13 anos. O evento aconteceu nesta sexta-feira (14), na Bolsa de Valores, em São Paulo, e teve a presença do prefeito Kiko Celeguim (PT).

O projeto, prevê investimentos de R$ 58 milhões e inclui operação, modernização, expansão e manutenção corretiva e preventiva de cerca de 10 mil pontos de iluminação.

Além da modernização do parque de iluminação pública, com a substituição do atual sistema pela tecnologia de LED (considerada mais segura, econômica e sustentável), a concessão abrange outros investimentos essenciais para o desenvolvimento e eficiência energética do município, como a redução dos custos de energia em 64,8%, implantação de gestão informatizada em 14,8% do parque de iluminação e implementação de 11 projetos especiais na cidade.

Eficiência energética

De acordo com o estudo realizado para o projeto, Franco da Rocha possui 10.413 pontos luminosos, sendo a maior parte do tipo Vapor de Sódio, que levam mais tempo para acendimento, têm menos aproveitamento luminoso e emitem gases que podem contaminar o solo.

Com a implantação do projeto de PPP, serão substituídos cerca de 10,4 mil pontos, o que aumentará a eficiência energética com redução significativa do custo operacional.

Continuar Lendo

+ Lidas do Mês