Conecte-se com a gente

Jundiaí

Cine Ecologia Jundiaí – projeto ensina sobre sustentabilidade e cidadania em sessões de cinema

Ações foram realizadas em estrutura inflável gigante e também incluíram interações interações teatrais e workshops sobre educação no trânsito e o uso consciente de água e energia

Redação

Publicado

em

Imagine chegar à escola e se deparar com um verdadeiro cinema. Essa foi a surpresa que alunos da Rede Municipal de Ensino de Jundiaí tiveram na última semana, durante a realização da segunda etapa do projeto Cine Ecologia.

Para mudar a rotina da criançada e levar atividades educativas para as unidades escolares de forma lúdica, o projeto instalou dentro das escolas uma estrutura gigante de cinema inflável, com 15 metros de comprimento e quatro metros de altura, equipada com telão, projetor de áudio e vídeo, além de almofadas para acomodação do público. E, para deixar a programação ainda mais divertida, todos os alunos tiveram direito a pipoca. Mais do que levar entretenimento, o projeto Cine Ecologia busca conscientizar as crianças sobre questões relacionadas ao meio ambiente, como reciclagem e o uso consciente de água e energia. As atividades – que incluíram sessões de cinema, interações teatrais e workshops – também abordaram questões de cidadania, como educação e segurança no trânsito.

A ação foi realizada, entre os dias 23 e 25 de agosto, nas EMEBs Profª Armanda Santina Polenti, Rotary Club e Profª Anna Rita Alves Ludke. Ao todo, foram quatro sessões por dia de programação.

A professora Thaís Alves dos Santos, da EMEB Professora Armanda Santina Polenti, elogiou a iniciativa. “O projeto foi fantástico, realmente é um cinema dentro da escola, com uma estrutura completa. A equipe é totalmente capacitada, educada, gentil. Eles acompanharam todas as crianças, organizaram tudo. Os alunos amaram o vídeo, o teatro…as ações envolveram todas as crianças. É um pessoal muito alegre. Enfim, um trabalho espetacular, parabéns”, disse a educadora.

O pequeno Caíque Aguiar, de 8 anos, conta o que aprendeu com o projeto. “Temos que respeitar a natureza, porque se a gente não salvar o meio ambiente, todo mundo vai ser prejudicado. Então, é cuidado que todos precisam ter”.

Ao final de cada sessão, as crianças e adolescentes puderam levar para casa um livreto com explicações sobre os temas que foram abordados nos curtas-metragens.

Ainda durante a programação, foram exibidos curtas-metragens criados por alunos da EMEB Profª Anna Rita Alves Ludke durante a primeira etapa do projeto: a Oficina de Introdução Básica de Cinema. Saiba mais abaixo.

Primeira etapa: oficinas de cinema

Realizado pelo Instituto Eco Ambiental e Social (IEAS), com patrocínio da rede de supermercados Boa, o projeto Cine Ecologia teve início em agosto. Entre os dias 8 e 10, alunos da EMEB Profª Anna Rita Alves Ludke, participaram da Oficina de Introdução Básica de Cinema, onde tiveram a oportunidade de produzir curtas-metragens com técnicas e equipamentos profissionais.

A ação teve como objetivo oferecer aos adolescentes as ferramentas necessárias para a criação de projetos cinematográficos que abordassem, de forma lúdica, temas como: sustentabilidade, preservação da água, consumo consciente, responsabilidade no trânsito, energia, reciclagem, mobilidade urbana e alimentação saudável.

Divididos em grupos de no máximo 5 alunos, crianças e adolescentes de 6 a 13 anos tiveram contato com os principais conceitos do mundo do cinema como: filmagem, enquadramento de cenas, noções de equipamentos de vídeos, edição, escolha de trilha, criação de personagens, roteiro e iluminação. Além disso, puderam imergir nos gêneros de filmes de ficção, documentários, entre outros.

Ainda nas oficinas, sob a supervisão e instrução dos oficineiros, os alunos produziram seus próprios curtas-metragens, incluindo roteiro, gravação de depoimentos, captura de imagens, edição, e inserção de trilha e legendas.

Projeto Cine Ecologia O Cine Ecologia é um projeto itinerante que tem como objetivo aproximar crianças e adolescentes do mundo das artes, promover acesso à cultura e conscientizar sobre temas de grande importância para o futuro, como a preservação dos recursos naturais, sustentabilidade, entre outros. Além de Jundiaí (SP), o projeto já passou pela cidade de Sumaré (SP) e segue em breve para Mogi das Cruzes (SP).

Continuar Lendo
PUBLICIDADE