Conecte-se com a gente

Artigos

Enxergando o que nos convém

Redação

Publicado

em

Comprou o seu primeiro carro e de forma assombrosa percebe a presença de outros automóveis da mesma cor, marca e modelo?

Uma pessoa próxima engravida e, inexplicavelmente, você começa a ver por perto outras mulheres na mesma situação?

Onde estavam todos esses carros? O que aconteceu com o mundo, que agora tem mais mulheres esperando bebês?

Estou segura de que alguma dessas circunstâncias lhe é familiar, ou pelo é o que acontece com 99% das pessoas. Sucede que nosso cérebro tem uma parte responsável por fazer um processo seletivo das coisas a que damos maior atenção. O SARA – Sistema Ativador Reticular Ascendente – faz com que nosso consciente se ligue de forma especial no que estamos mais concentrados. Podemos dizer que é daí que nasce aquela expressão “onde foca, expande”.

A pergunta é: onde está a sua atenção a maior parte do tempo?

Ligue-se no seguinte: essa parte cerebral trabalha de forma ainda mais aguçada com nossos canais sensoriais (visão, audição, olfato, cinestesia e paladar) quando aquilo em que focamos a atenção tem uma estreita relação com o emocional. É por isso que muitas vezes o que vemos, ouvimos, cheiramos, tocamos ou até o que comemos nos lembra de forma imediata aquilo que, em muitos casos, gostaríamos de evitar.

Meu amigo, quando você fica dando mais ênfase aos problemas, acontecimentos negativos, àquilo que não pode ou não tem, etc., queira ou não isso será ampliado. O pior é que aquilo em que você decide focar sua atenção produzirá EMOÇÕES que potencializarão ou reduzirão suas IDEIAS e os seus RESULTADOS. Considere que o seu cérebro não distingue se isso é bom ou ruim para você; ele age de forma natural.

Torço para que nesta semana você possa ALTERAR O SEU DESTINO. Por isso o convido a, diante das circunstâncias, se concentrar em soluções, resultados, suas competências, objetivos a alcançar e tudo o que for bom para você e o seu negócio. Dessa maneira você outorgará à sua mente inúmeras possibilidades, porque – acredite – elas sempre existem, assim como os carros que são parecidos àquele que comprou ou às mulheres grávidas.

GIOVANNA VALESKA
Especialista em Inteligência Emocional
Instagram: @giovanna.valeska

Continuar Lendo
PUBLICIDADE
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply