Conecte-se com a gente

Franco da Rocha

Prefeitura entrega kit bolas para Escolas Estaduais do município

Redação

Publicado

em

Material foi entregue na abertura da 5ª edição Jogos Escolares

Na abertura dos Jogos Escolares, que aconteceu dia 30 de agosto, a prefeitura, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer, entregou kit bolas para as 13 escolas estaduais participantes da competição. O objetivo é ajudar as aulas de educação física, oferecendo mais material para os alunos praticarem esportes.

O kit continha 5 bolas, sendo de 1 de handebol, 1 de basquete, 1 de voleibol e outras 2 de futsal.

Com as novas bolas os professores terão condições de melhorar as aulas de educação física e fomentar a prática esportiva nas escolas estaduais, prejudicada devido à defasagem entre o número de estudantes e quantidade de equipamentos disponíveis.

“O material auxilia nas aulas, fazendo com que sejam mais completas para participarmos de torneios como os jogos escolares, o que incentiva os alunos e aumenta o interesse deles nas modalidades e atividade física”, afirma Ronaldo Pinheiro Lima, professor da Escola Estadual Prof. José Parada, localizada no bairro Parque Pretória.

A secretária de Esportes e Lazer Silmara Ciampone, afirmou que fez questão de entregar o material para que a cada dia o esporte seja incentivado na cidade, o que deve acontecer principalmente dentro das escolas, ambiente que favorece a interação entre os jovens e estimula uma vida mais saudável.

“A escola é uma das principais formas para estimular esses jovens a praticar esportes e atividade física, conhecer novas modalidades, a virar grandes astros do esporte. Alguns desses alunos são sedentários, outros têm doenças cardíacas, como hipertensão, diabetes por conta de um estilo de vida sedentário, uma das formas de você mudar isso é praticando atividade física”, declarou Silmara.

A prefeitura tem investido cada vez mais na prática esportiva em Franco da Rocha, oferecendo diversas modalidades para a população, além de manter e reformar os polos esportivos do município.

Professora da Escola Estadual Pedro Lelis, que fica no Sítio Borda da Mata, Renata Marques falou sobre a importância da participação da prefeitura ao entregar os kits. “É um incentivo para as escolas participarem dos Jogos Escolares, porque muitas unidades não têm material para trabalhar, então isso também motiva os professores, incentiva os alunos a praticarem os esportes. Eles veem essas bolas e ficam muito mais empolgados. Então é uma motivação geral” explicou.

Neste ano os Jogos Escolares chegam à sua 5ª edição. O evento é uma oportunidade para promover um intercâmbio entre os alunos das escolas estaduais localizadas no município, além de ser um mecanismo de incentivo à prática esportiva e a competição saudável no ambiente escolar. Além disso, o evento ajuda a divulgar o trabalho das escolas e ajuda os jovens a fazerem novas amizades.

“Mais do que entregar o kit bolas, os jogos escolares são uma forma de transformação da sociedade, questão na qual o estado hoje tem falhado muito”, concluiu a secretaria.

Continuar Lendo
PUBLICIDADE
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Franco da Rocha

Imagens de satélite mostram que fogo atingiu 53% do Parque do Juquery

O local permanece fechado, sem previsão de reabertura à população, já que os equipamentos de atividades de lazer foram queimados

Redação

Publicado

em

Por

Imagens de satélite mostram que o incêndio que atingiu o Parque do Juquery, em Franco da Rocha, consumiu 53% da área da Unidade Conservação. Os dados comparativos foram obtidos em 20 de julho, antes do fogo, e 24 de agosto, após o fim do incêndio. O total atingido é de 1,175 hectares. As informações estão no relatório do Centro de Monitoramento da Coordenadoria de Fiscalização e Biodiversidade da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente de São Paulo.         

O incêndio no Parque do Juquery teve início na manhã do domingo, 22/08 e durou 4 dias. Mais de 300 pessoas entre integrantes do Corpo de Bombeiros, brigadistas e funcionários do parque trabalharam no combate às chamas. A Policia Civil investiga se a causa foi a queda de um balão no local.

Além da vegetação que foi consumida pelo fogo, o incêndio também atingiu a fauna do parque. Vinte e cinco animais foram resgatados por veterinários voluntários, sob responsabilidade do Conselho Regional de Medicina Voluntária (CRMV). Destes animais, 14 não resistiram aos ferimentos e morreram.

O parque do Juquery permanece fechado, sem previsão de reabertura à população, já que os equipamentos de atividades de lazer como bancos, mesas, quiosque e placas informativas também foram queimados. A Fundação Florestal ainda contabiliza os danos.

Incêndios Florestais

Estudos apontam que a maior parte dos incêndios florestais são decorrentes de ação antrópica (causados pelo homem de maneira acidental ou intencional). O descuido humano ou a negligência são fatores que aumentam a probabilidade de ocorrências de eventos de fogo sem controle. Em 2020, por exemplo, mais de 90% dos 274 focos tiveram como causa ações humanas que poderiam ter sido evitadas.

Parque Estadual do Juquery

O Parque Estadual do Juquery conserva importantes remanescentes de Cerrado, bem como as áreas de mananciais do Sistema Cantareira. O principal atrativo da unidade é o Ovo do Pato, elevação que impressiona com seus 942 metros de altitude, de onde pode-se avistar outras áreas protegidas que formam um grande corredor ecológico.

Cerrado

O Cerrado apresenta vegetação submetida a condições ambientais severas, como fogo periódico e longa estação seca. Suas árvores caracterizam-se por serem tortuosas, com casca grossa e rugosa, folhas verdes e espessas, distribuídas de forma esparsa, o que forma a típica paisagem do bioma.

Este ambiente é formado por dois componentes considerados opostos: as ervas e as gramíneas, e as árvores e os arbustos. Ambos competem pela luz do sol. Quando um componente predomina, o outro fica mais raro. Assim, o Cerrado é formado por um gradiente que vai do campo limpo (formado por ervas e gramíneas), passando pelo cerrado sensu stricto (composto tanto por ervas e gramíneas, quanto por árvores e arbustos esparsos), até o cerradão, composto predominantemente por árvores.

Continuar Lendo

Franco da Rocha

Incêndio de grandes proporções atinge área do Parque Estadual do Juquery, em Franco da Rocha

Redação

Publicado

em

Por

Um incêndio de grandes proporções atingiu, neste domingo (22), a área de mata do Parque Estadual do Juquery em Franco da Rocha. Moradores da região afirmar terem visto um balão caindo no local. No momento é possível visualizar grandes labaredas e fumaça alta no entorno.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, ao menos dois caminhões com água e viaturas menores foram encaminhadas ao local, a Prefeitura de Franco da Rocha também enviou equipes ao local. Até às 13h30, a área que sofreu com a queimada foi de 1 mil hectare, 50% do território total do Parque Estadual.

O Parque Estadual do Juquery possui vegetação de cerrado. Ele fica entre os municípios de Caieiras e Franco da Rocha, na Grande São Paulo.

Continuar Lendo

Franco da Rocha

Consórcio Luz de Franco da Rocha vence leilão e será responsável pela iluminação pública de Franco da Rocha

Gestão do serviço na cidade ficará a cargo da empresa pelos próximos 13 anos

Redação

Publicado

em

Por

O Consórcio Luz de Franco da Rocha, representado pela Necton Investimentos, foi o vencedor do leilão da Parceria Público-Privada da iluminação pública de Franco da Rocha e será responsável pela gestão do serviço na cidade pelos próximos 13 anos. O evento aconteceu nesta sexta-feira (14), na Bolsa de Valores, em São Paulo, e teve a presença do prefeito Kiko Celeguim (PT).

O projeto, prevê investimentos de R$ 58 milhões e inclui operação, modernização, expansão e manutenção corretiva e preventiva de cerca de 10 mil pontos de iluminação.

Além da modernização do parque de iluminação pública, com a substituição do atual sistema pela tecnologia de LED (considerada mais segura, econômica e sustentável), a concessão abrange outros investimentos essenciais para o desenvolvimento e eficiência energética do município, como a redução dos custos de energia em 64,8%, implantação de gestão informatizada em 14,8% do parque de iluminação e implementação de 11 projetos especiais na cidade.

Eficiência energética

De acordo com o estudo realizado para o projeto, Franco da Rocha possui 10.413 pontos luminosos, sendo a maior parte do tipo Vapor de Sódio, que levam mais tempo para acendimento, têm menos aproveitamento luminoso e emitem gases que podem contaminar o solo.

Com a implantação do projeto de PPP, serão substituídos cerca de 10,4 mil pontos, o que aumentará a eficiência energética com redução significativa do custo operacional.

Continuar Lendo

+ Lidas do Mês