Conecte-se com a gente

Educação

PROUNI: inscrições seguem até sexta-feira (3)

No primeiro semestre, estão sendo oferecidas mais de 288 mil bolsas no programa. Saiba como se inscrever

Redação

Publicado

em

Fazendo o ENEM, os estudantes têm a oportunidade de participar de programas do Governo Federal voltados para o acesso ao ensino superior, como PROUNI, que abriu inscrições na última terça-feira, dia 28. No primeiro semestre, estão sendo oferecidas mais de 288 mil bolsas no programa. Mas, afinal, o que é necessário para concorrer?

Alexandre Leite de Figueiredo, professor e coordenador do Ápice Vestibulares, explica que o PROUNI, Programa Universidade Para Todos, oferta bolsas de estudos nas modalidades integrais (100%) ou parciais (50%) em universidades particulares, ou instituições de ensino privadas. As inscrições para o programa devem ser feitas no site do Prouni 2023 até a próxima sexta-feira, dia 3 de março. No dia 07 será divulgado o resultado da primeira chamada dos mais novos bolsistas contemplados – os mesmos têm até o dia 16 de março para enviar as confirmações das informações. No dia 21 de março ocorre a segunda chamada. 

No caso do PROUNI, o vestibulando deve ter tirado, no mínimo, 450 pontos na média do Enem mais recente ou de 2021, sem zerar a redação. A renda mensal familiar deve ser de, no máximo, 3 salários mínimos por pessoa para a bolsa parcial e 1,5 para bolsa integral. O candidato, obrigatoriamente, deve ter estudado o ensino médio em escola pública ou como bolsista integral em escola particular. O estudante deve se inscrever, escolher duas opções de cursos que o agradam e estejam disponíveis e pronto! O sistema fará o preenchimento automático das vagas, de forma decrescente de notas do Enem, conforme o número de vagas. As notas mais altas entram primeiro.

“É normal que os estudantes fiquem aflitos e ansiosos, mas é válido lembrar que as vagas não são decididas por ordem de inscrição, portanto, os candidatos podem se organizar para, então, dentro do prazo, começar sua inscrição. É normal correrem para o site após a abertura do prazo, mas isso apenas sobrecarrega o sistema, que pode cair pelos milhares de acessos mútuos. As vagas são preenchidas pela nota, não ordem de chegada. Então, devem usar o tempo com sabedoria, escolher e pesquisar a graduação que mais faz brilhar os olhos para, depois, em horário mais tranquilo, preencher a inscrição com calma”, explica Alexandre Leite de Figueiredo, professor e coordenador do Ápice Vestibulares.

FIES – Por sua vez, o FIES, Fundo de Financiamento Estudantil, programa criado pelo MEC para financiar a graduação a estudantes em cursos superiores pagos, abrirá inscrições do dia 7 até o dia 10 de março, no site Fies 2023. O resultado está previsto para o dia 14 do mesmo mês, para confirmar o financiamento, os estudantes têm entre os dias 15 e 17 de março para enviar as informações comprobatórias.  É necessária uma renda bruta mensal de, no  máximo, 2,5 salários mínimos por pessoa, bem como, pelo menos, 450 pontos em qualquer edição do Enem a partir de 2010. 

Para o FIES, o candidato escolhe o curso em meio as opções disponíveis, se inscreve e aguarda. As vagas são preenchidas segundo o desempenho no Enem. Os pré-selecionados são orientados a se cadastrar em outro sistema para iniciar as fases do financiamento estudantil. No primeiro semestre, estão sendo oferecidas mais de 93 mil financiamentos. 

Continuar Lendo
PUBLICIDADE